sábado, 7 de fevereiro de 2009

ESPOSA DE ALUGUEL

Cresce o número de mulheres que ganham dinheiro de outros lares


A falta de tempo – ou de paciência – dos homens para cuidar da casa abriu uma lacuna no mercado de trabalho. Cada vez mais mulheres estão oferecendo seus serviços sob nomes variados: consultora do lar, governanta por um dia, ou esposa de aluguel. E muitas cobram por hora!
Mas ninguém deve confundir os papéis. Não estão incluídas “todas” as atribuições de esposa. Elas cuidam apenas das roupas, cozinham, fiscalizam a limpeza da casa e orientam empregadas domésticas.
“Apresento soluções mais baratas. Digo: ‘Suas toalhas estão horríveis. ’ Compro e mostro a nota”, diz Cristiane Passos, esposa de aluguel depois das 17h, quando sai da empresa de manutenção de aeronaves onde trabalha.
Há mais tempo no mercado, centenas de “maridos de aluguel” fazem pequenos consertos, limpam e trocam lâmpadas.


Jorge Fernando de Olho na Curiosidade

2 comentários:

André disse...

acho legal essa de poder prestar algum serviço ou mesmo uma compania para um passeio, gostaria de um emprego assim, tenho 53 aninhos e preciso trabalhar, mas nessa idade ninguem nos reconhece mais como profissionais, mas tenho bom gosto sou animada e com certeza uma otima compania....

alair disse...

meu nobre irmão ,venho parabenisa-lo pelas otimas mensagem de teu blog ,hoje tive tempo e olhei tôdas desde o ano passado até as atuais.a que diz respeito a gripe suina H1NI só consegui ter o son at´a mrtade da palestra ,mas entendi muito bem,temos orgulho de ser teu parente

abraços alair fernandes